domingo, 30 de outubro de 2011

Stalinismo: fossa comum com os restos de 495 pessoas

Hélio Dias Viana (*)

Quando será estabelecida uma Nurenberg para julgar os casos das vítimas do comunismo? – Eis uma nova e estarrecedora descoberta.




Stalinismo: fossa comum com os restos de 495 pessoas
Giovanni Bensi, “Avvenire”, 17 julho de 2010

MOSCOU
 
Os ossos descobertos na periferia de Vladivostok, no Pacífico sul, pertencem a centenas de vítimas do terror staliniano, mortos pela NKVD, a polícia política “precursora” da KGB. As autoridades locais o confirmaram com base nos resultados reunidos pelos especialistas de medicina legal.

domingo, 16 de outubro de 2011

Cardeal Casimiro Swiatek: o “homem de lenda”


Cardeal Casimiro Swiatek da Bielorússia
O Cardeal Casimiro Swiatek da Bielorússia morreu em Minsk a 21 de julho do ano passado com 96 anos de idade.

O Cardeal Swiatek nasceu em Valga (atual Estônia), e naquela época parte do Império Russo, em 21 de outubro de 1914. Estudou no seminário de Pinsk (Bielorrússia) e foi ordenado sacerdote em 8 de abril de 1939

Seu sucessor e atual Metropolita de Minsk-Mohilev, Dom Tadeusz Kondrusiewicz, lembrou na homilia do funeral que sendo jovem sacerdote, o cardeal foi preso pelo Exército Vermelho e condenado à morte. Mas foi salvo pelos populares.

domingo, 2 de outubro de 2011

Cardeal Korec: mártir da Igreja do Silêncio

Cardeal João Crisostomo Korec
Recentemente faleceram dois cardeais que sofreram dores de mártires pelas mãos do comunismo: o Cardeal eslovaco João Crisostomo Korec e o Cardeal Casimiro Swiatek da Bielorrússia.

O bispo mais jovem do mundo

O Cardeal João Crisóstomo Korec foi sagrado bispo secretamente na Tchecoslováquia quando tinha apenas 27 anos. Então era o bispo mais jovem do mundo!

A história do Cardeal Korec sob o comunismo é realmente dramática.

Ordenado sacerdote em 1950, um ano mais tarde se tornou sucessor dos apóstolos, numa cerimônia “feita às pressas, de medo que a polícia irrompesse a qualquer momento.”